Home Data de criação : 08/12/26 Última atualização : 14/04/22 19:29 / 2567 Artigos publicados

O ENDEMONINHADO GADARENO,  (Esboço de Sermão) escrito em sábado 14 março 2009 21:20

MC 5.1-20

Pr. José Antônio Corrêa

 

INTRODUÇÃO:

 

1. No texto que lemos, a Palavra de Deus, nos mostra Jesus chegando a uma cidade chamada "Gádara". Esta cidade fazia parte de um complexo de dez cidades, cidades estas que ficavam ao lado leste do lago da Galiléia, Mc 5.20, "Então, ele foi e começou a proclamar em Decápolis tudo o que Jesus lhe fizera; e todos se admiravam".

2. Gádara, era uma cidade importante nos tempos bíblicos. Estava edificada a meio caminho, entre o Mar Morto e Mar da Galiléia, mais precisamente a trinta e dois quilômetros do Rio Jordão, ao leste. Hoje, naquele lugar existe apenas um pequeno povoado, por nome "Jaras".

3. Foi nesta cidade, que Jesus encontrou o mais terrível, o mais horripilante, dos endemoninhados descritos pela Palavra de Deus. Hoje, queremos observar como Jesus tratou com aquele homem e quais as implicações deste milagre para os dias atuais.

 

"VEJAMOS ALGUMAS CARACTERÍSTICAS DESTE INFELIZ HOMEM":

 

I - SUA SITUAÇÃO FÍSICA E ESPIRITUAL

VS. 1-5

"1 Entrementes, chegaram à outra margem do mar, à terra dos gerasenos. 2 Ao desembarcar, logo veio dos sepulcros, ao seu encontro, um homem possesso de espírito imundo, 3 o qual vivia nos sepulcros, e nem mesmo com cadeias alguém podia prendê-lo; 4 porque, tendo sido muitas vezes preso com grilhões e cadeias, as cadeias foram quebradas por ele, e os grilhões, despedaçados. E ninguém podia subjugá-lo. 5 Andava sempre, de noite e de dia, clamando por entre os sepulcros e pelos montes, ferindo-se com pedras".

1. "Era possuído por um espírito imundo", Vs. 2. Os espíritos imundos têm uma influência tremenda sobre os homens sem Deus, e procuram ocupar seus corpos, Lc 11.24-26, "24 Quando o espírito imundo sai do homem, anda por lugares áridos, procurando repouso; e, não o achando, diz: Voltarei para minha casa, donde saí. 25 E, tendo voltado, a encontra varrida e ornamentada".

2. "Morava nos sepulcros". Segundo a crença antiga, os cemitérios eram esconderijos de demônios, razão pela qual algumas pessoas endemoninhadas têm a tendência de morar, ou freqüentar tais lugares. Um fato muito comum é que algumas pessoas endemoninhadas comem, até mesmo a carne de defuntos, através de pacto com os demônios . É claro que os demônios não ficam só nos cemitérios! Eles podem agir e possuir pessoas em quaisquer lugares!

3. "Ninguém conseguia prendê-lo", Vs. 3. Mateus menciona o fato de que existia dois endemoninhados e não apenas um, como menciona Marcos (esta diferença entre os dois escritores reside provavelmente no fato de que o endemoninhado referido por Marcos tenha ficado mais conhecido nos dias da Igreja Primitiva e por esta razão foi citado isoladamente por ele). Segundo Mateus, tais endemoninhados eram tão ferozes, que ninguém podia passar por aquele lugar, Mt 8.28, "Tendo ele chegado à outra margem, à terra dos gadarenos, vieram-lhe ao encontro dois endemoninhados, saindo dentre os sepulcros, e a tal ponto furiosos, que ninguém podia passar por aquele caminho". Tal era a ferocidade deste homem, que mesmo que alguém o prendesse com correntes, estas eram por ele despedaçadas, Vs. 4. Pessoas endemoninhadas normalmente, têm uma força descomunal.

4. "Andava dia e noite gritando e ferindo-se com pedras", Vs. 5. Três coisas temos aqui:

a) Não dormia – "...andava de dia e de noite",

b) Gritava desesperadamente – "...clamando por entre os sepulcros".

c. Cortava-se com pedras pontiagudas – "...ferindo-se com pedras".

5. Seu espírito e mente estavam desarranjados. Lucas menciona um fato adicional: "Vivia despido", Lc 8.27, "Logo ao desembarcar, veio da cidade ao seu encontro um homem possesso de demônios que, havia muito, não se vestia, nem habitava em casa alguma, porém vivia nos sepulcros".

6. Triste, era o quadro deste homem. Esta é a situação a qual uma pessoa sem Deus pode chegar. Quando Jesus não é o centro de sua vida, você pode ser vítima destes demônios, que não tanto podem possuir-lhe, como podem influenciar sua mente, transformando-o num joguete de Satanás.

 

II - SUA BUSCA DE JESUS

VS. 6-13

"6 Quando, de longe, viu Jesus, correu e o adorou, 7 exclamando com alta voz: Que tenho eu contigo, Jesus, Filho do Deus Altíssimo? Conjuro-te por Deus que não me atormentes! 8 Porque Jesus lhe dissera: Espírito imundo, sai desse homem! 9 E perguntou-lhe: Qual é o teu nome? Respondeu ele: Legião é o meu nome, porque somos muitos. 10 E rogou-lhe encarecidamente que os não mandasse para fora do país. 11 Ora, pastava ali pelo monte uma grande manada de porcos. 12 E os espíritos imundos rogaram a Jesus, dizendo: Manda-nos para os porcos, para que entremos neles. 13 Jesus o permitiu. Então, saindo os espíritos imundos, entraram nos porcos; e a manada, que era cerca de dois mil, precipitou-se despenhadeiro abaixo, para dentro do mar, onde se afogaram".

1. "Ele veio ao encontro de Jesus", Vs. 2. Jesus, é o único que pode libertar alguém das influências demoníacas. Talvez, este homem tenha vindo ao encontro de Jesus, não para ser liberto, mas tentando enganá-LO, motivado pelo demônio. Muitas vezes os demônios não querem se expor, como podemos ver o exemplo daquele "espírito de adivinhação", relatado em At 16.17: "Seguindo a Paulo e a nós, clamava, dizendo: Estes homens são servos do Deus Altíssimo e vos anunciam o caminho da salvação". Porém, no caso do endemoninhado gadareno, foi o fato dele ter vindo ao encontro de Jesus que proporcionou sua libertação.

2. O demônio, ainda fingindo, tentou adorar a Jesus, Vs. 6. Os demônios conheciam Jesus, e sabia de seu ministério, e ainda que era Filho de Deus. Isto os levavam a fingir que o adoravam, Vs. 7; Mc 3.11, "Também os espíritos imundos, quando o viam, prostravam-se diante dele e exclamavam: Tu és o Filho de Deus!"

3. "O demônio, pediu clemência a Jesus", Vs. 7-8. Ele temia que Jesus o furtasse de seu habitat naquele homem. Sua morada estava ameaçada. Mateus acrescenta aqui um detalhe interessante, ou seja o medo do demônio, de que Jesus o tivesse vindo julgá-lo antes do tempo, Mt 8.29, "E eis que gritaram: Que temos nós contigo, ó Filho de Deus! Vieste aqui atormentar-nos antes de tempo?" Os demônios sabem o que está reservado para eles no final dos tempos, Mt 25.41, "Então, o Rei dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos".

4. Jesus perguntou ao demônio seu nome e ele declarou que não estava sozinho, mas com uma legião, Vs. 9. Uma legião, correspondia a um destacamento do exército romano correspondente a seis mil soldados. Os demônios, são organizados em companhias, e quase sempre, não estão sozinhos no corpo de alguém.

5. O pedido dos demônios e a permissão de Jesus, Vs. 10-13:

a) "rogaram-lhe que não os enviasse para fora da região", Vs. 10. Aquele território era a região geográfica deles, onde exerciam o controle. Se saíssem dali, perderiam seus postos,

b) "Manda-nos para aqueles porcos, para que entremos neles", Vs. 12. A tradição judaica acreditava que os porcos e outros animais imundos eram habitação de demônios. Talvez, pensassem os demônios que entrando nos porcos, ficariam na região. Porém, o resultado, foi catastrófico, Vs. 13.

c) A permissão de Jesus trouxe um desastre financeiro para os criadores de porcos, Vs. 13.

6. O importante de tudo, é que a vinda deste homem a Jesus, possibilitou sua libertação total e absoluta. Você pode receber a mesma benção nesta noite.

 

III - SUA RESTAURAÇÃO,

VS. 14-20

"14 Os porqueiros fugiram e o anunciaram na cidade e pelos campos. Então, saiu o povo para ver o que sucedera. 15 Indo ter com Jesus, viram o endemoninhado, o que tivera a legião, assentado, vestido, em perfeito juízo; e temeram. 16 Os que haviam presenciado os fatos contaram-lhes o que acontecera ao endemoninhado e acerca dos porcos. 17 E entraram a rogar-lhe que se retirasse da terra deles. 18 Ao entrar Jesus no barco, suplicava-lhe o que fora endemoninhado que o deixasse estar com ele. 19 Jesus, porém, não lho permitiu, mas ordenou-lhe: Vai para tua casa, para os teus. Anuncia-lhes tudo o que o Senhor te fez e como teve compaixão de ti. 20 Então, ele foi e começou a proclamar em Decápolis tudo o que Jesus lhe fizera; e todos se admiravam".

1. Quando os moradores vieram ao local, ficaram surpresos como o que viram. O endemoninhado estava:

a) "Sentado". Vivia correndo, Vs. 15,

b) "Vestido". Vivia nu, Vs. 15,

c) "Estava em perfeito juízo". Sua mente estava desordenada, Vs. 15.

2. Estava agora disposto a seguir Jesus. Antes fugia de tudo e de todos, Vs. 18.

3. Jesus o convocou para o serviço de Deus, Vs. 19-20.

 

CONCLUSÃO:

1. Não importa o quanto sua vida está danificada. Deus deseja restaurá-lo. A Palavra de Deus declara que o Filho de Deus, se manifestou para desfazer as obras do Diabo, 1 Jo 3.8, "Aquele que pratica o pecado procede do diabo, porque o diabo vive pecando desde o princípio. Para isto se manifestou o Filho de Deus: para destruir as obras do diabo". É o pecado que tem danificado sua vida.

2. Entregue-se a Deus e receba a cura para seu corpo e sua alma.

voltar a sermões/estudos

www.proveg.com.br/igrejabatista

Compartilhar
1 Fan

Faça um comentário!

(Opcional)

(Opcional)

error

Importante: comentários racistas, insultas, etc. são proibidos nesse site.
Caso um usuário preste queixa, usaremos o seu endereço IP (23.20.19.131) para se identificar     

Nenhum comentário
O ENDEMONINHADO GADARENO,


Fechar a barra

Precisa estar conectado para enviar uma mensagem para falandoseriotv

Precisa estar conectado para adicionar falandoseriotv para os seus amigos

 
Criar um blog