Home Data de criação : 08/12/26 Última atualização : 14/04/22 19:29 / 2567 Artigos publicados

O PROPÓSITO DE DEUS PARA AS MULHERES  (Esboço de Sermão) escrito em quarta 25 março 2009 16:19

Lúcia Rodovalho

 

Algumas mulheres com quem tenho conversado, revelam-me o desejo de terem nascido homens. Pois concluíram que a vida do homem é mais fácil e que a sociedade absorve melhor o sucesso masculino.

A mulher quando alcança o sucesso, sente-se constrangida e culpada, principalmente se o sucesso dela sobressai ao do marido. A maioria dos homens também não está preparada para conviver com o sucesso da mulher. Acabam se convencendo de que a saída é procurar um novo relacionamento, com outra mulher menos bem sucedida. Dai constituem um relacionamento com mulheres de nível cultural bem inferior ao das ex-mulheres, como que querendo vingar sua "frustração".

Existem famílias que privilegiam os "homens da casa", e não inserem o senso de valorização do papel da mulher na família. Por isso, nos dias de hoje, vemos o paradoxo da mulher desejando assumir o papel do homem, em busca de serem valorizadas e respeitadas, e de muitos homens querendo se esquivar do "peso" da responsabilidade masculina, de ter que trabalhar para ser o sustento da família. A Bíblia diz que Deus amaldiçoou a Terra e disse ao homem que com fadiga, com o suor do próprio rosto, teria que obter o seu sustento (Gn 3:17). Trabalho não é a bênção e sim maldição! Em salmos está escrito que "Deus dá aos seus enquanto dormem". É uma bênção termos nascido femininas, é um privilégio. Nós precisamos descobrir o prazer de sermos mulheres!

Quando Deus criou a mulher, Ele também a fez à sua imagem e semelhança, como o homem (Gn 1:27), portanto, na essência de Deus, existia tudo que o homem e a mulher são. Nós somos abençoadas independentemente dos nossos maridos: "e Deus os abençoou e lhes disse..." (Gn 1:28). Deus falou ao homem e à mulher, não somente ao homem. Deus não separou homem ou mulher, não privilegiou um ou outro. Somos verdadeiramente abençoadas! Nós mulheres não pegamos a "rebarbas" da bênção do homem, Deus nos abençoou individualmente, como mulheres.

Não fomos criadas por acaso, pois o propósito antecede a criação de alguma coisa. Os planos antecedem a criação, como, por exemplo, numa obra de arte. Um quadro é a extensão daquilo que estava na mente do artista, como um livro é expressão do que o autor é. Nós fomos criadas com um propósito! E fomos a última coisa da criação de Deus, não por esquecimento, mas porque não se achava, em toda a criação, alguém que suprisse o homem. Deus nos planejou depois de ter buscado, em todos os lugares, algo especial para o homem... e não ter achado.

Nossa existência só tem sentido se houver um propósito especial, porque o propósito é a fonte de toda nossa realização. Sem o propósito de Deus, a nossa vida é somente uma existência, é somente uma experiência casual e que traz frustração. Existem muitas pessoas frustradas porque não descobriram o seu propósito. E quando nós não sabemos qual é o nosso propósito, o diabo fica à vontade para destruir a nossa auto-estima, para desvalorizar o nosso papel de mulher e distorcer nosso poder de influência na família, no casamento, na sociedade.

Afinal, porque Deus nos criou? Qual o propósito de Deus para nós mulheres? Deus nos criou para sermos abençoadas, sermos bênçãos em suas mãos!

Quando temos consciência da proposta de Deus para nós e nos prontificamos a assumir o papel que Ele nos reserva, somos cheias de sua graça e as situações à nossa volta começam a mudar. Deixamos de ser mulheres comuns e passamos a ser mulheres muito especiais nas mãos de Deus. Deus cria situações para nos tratar e para nos usar. Todas nós temos oportunidade de sermos "desafiadas" a cumprir a vontade de Deus e não devemos deixar as oportunidades passar, não devemos nos esquivar dos nossos verdadeiros propósitos.

Maria foi uma mulher que, cheia de graça, aceitou a proposta de Deus para sua vida. Adolescente de 16 anos que, ao receber do anjo a notícia que seria mãe, disse: "cumpra assim a vontade do Senhor". O normal para aquela menina seria casar-se de véu e grinalda, e não depois de ter um filho. Mulheres, temos que cumprir a vontade de Deus em nossas vidas!

Outra mulher cheia de graça foi Ester. Uma mulher órfã, que teria tudo para se tornar amargurada e sem propósito mas seu Pai Celestial tinha um propósito para sua vida. Ela foi preparada por um ano para se casar com o rei. Tomando banho de leite diariamente. Mulheres façam como Ester e cuidem de seu corpo, da sua beleza e de sua saúde. Somos diferentes dos homens, somos mais sensíveis. Precisamos de um dia da semana para nos cuidar. Isso nos dará maior disposição para estarmos a serviço de Deus. Ester achou graça diante do rei e, com ousadia, intercedeu pelo seu povo.

Um exemplo de mulher sensata e formosa é Abigail. Casada com um homem mesquinho, de coração duro, tinha tudo para se tornar uma mulher amarga, mas não se deixou contaminar pela avareza de seu marido, não deixou de ser sensível. É nosso papel perceber o que os outros não "vêem" e agir. Abigail agiu em favor de seu marido, atenuando a ira do rei Davi, evitando, assim, um grande derramamento de sangue (1 Sm 25:3-25).

Outra mulher abençoada foi Rute, mulher viúva que abandonou seu povo e sua crença para seguir em companhia de sua sogra, que, além de enviuvar, perdeu também os dois filhos. Deus tinha um propósito na vida de Rute. Ela não olhou para sua sogra com desesperança, porém viu o Deus de sua sogra e O seguiu. Sua fidelidade foi recompensada, casando-se mais tarde com um homem rico e generoso.

Ser cheia de graça é ter um coração grato, saber agradecer a Deus e as pessoas. Maria Madalena foi grata a Jesus, que a livrou do apedrejamento, ao ser flagrada em adultério. Muitas vezes a mulher, além de enfrentar o adultério é obrigada a assumir a culpa da fraqueza do marido. Recai sobre ela fato do marido ter adulterado, pois a sociedade prega que se o homem procura outra mulher é porque ela não satisfaz como deveria. No caso de Maria Madalena, ela e o homem que estava com ela deveriam ser apedrejados, mas a narrativa dos fatos conta que ela seria apedrejada. Contudo, conhecendo a Jesus, pôde receber o perdão e a transformação de sua vida.

Mulheres, Deus nos criou para sermos abençoadas, para sermos instrumentos de Sua vontade aqui neste mundo. Aceite o desafio de Deus para sua vida, como Maria. Cuide de sua saúde de sua beleza e tenha a graça para chegar diante do rei e ser uma intercessora como Ester. Seja formosa e sensata, tenha sensibilidade, como Abigail, para contornar as dificuldades e os problemas que tiver que enfrentar. Tire os olhos das circunstâncias olhe para Deus e o siga, como fez Rute. Ele mudará a sua trajetória de vida e lhe dará o fim que você deseja. Só aceite que Deus seja o seu juiz, buscando nEle o perdão para uma nova vida como Maria Madalena. Dessa forma você estará pronta para cumprir o propósito de Deus para sua vida que é ser abençoada nas mãos de Deus, exercendo o seu papel de mulher.

Voltar à mulheres

www.proveg.com.br/igrejabatista

Compartilhar

Faça um comentário!

(Opcional)

(Opcional)

error

Importante: comentários racistas, insultas, etc. são proibidos nesse site.
Caso um usuário preste queixa, usaremos o seu endereço IP (54.83.228.89) para se identificar     

Nenhum comentário
O PROPÓSITO DE DEUS PARA AS MULHERES


Abrir a barra
Fechar a barra

Precisa estar conectado para enviar uma mensagem para falandoseriotv

Precisa estar conectado para adicionar falandoseriotv para os seus amigos

 
Criar um blog