Home Data de criação : 08/12/26 Última atualização : 14/04/22 19:29 / 2567 Artigos publicados

Um crente Chamado Barnabé  (Esboço de Sermão) escrito em sábado 13 junho 2009 17:19

Texto base: Atos 4.36-37 / 9.26-30 / 11.19-26            

 Introdução: 

Ao logo da história da igreja, vários homens e mulheres de Deus foram usados para encorajar e consolar novos crentes a prosseguirem o caminho do Senhor. Hoje vamos conhecer a história de uma homem e ver como tudo isso começou.

 

Atos 4.36  José, a quem os apóstolos deram o sobrenome de Barnabé, que quer dizer filho de exortação, levita, natural de Chipre,

37  como tivesse um campo, vendendo-o, trouxe o preço e o depositou aos pés dos apóstolos.

 

1 – Como é um crente Barnabé

Bar = filho; Nabé (paraklesis) = aquele que vem ao lado para dar ânimo. Parakletos = consolador (Espírito Santo). Então Barnabé pode ser entendido como um encorajador. Deus quer fazer de nós “barnabés” e “barnabelas”.

Algumas características de Barnabé:

a)     era uma adorador, um levita;

b)    era um exemplo de generosidade – vendeu suas terras primeiro e depois os outros o fizeram – quem deseja ganhar pessoas para Cristo não pode ser egoísta com seu tempo, sua folga, suas finanças e bens; é preciso sacrificar “nossos direitos” para ganhar a outros;

c)     era um abnegado, sempre pronto a renunciar a si mesmo a favor de outros;

d)    foi um exemplo de como integrar os novos convertidos na comunidade cristã.

 

Ver o texto de Atos 9.26-30:

26  Tendo chegado a Jerusalém, procurou juntar-se com os discípulos; todos, porém, o temiam, não acreditando que ele fosse discípulo.

27  Mas Barnabé, tomando-o consigo, levou-o aos apóstolos; e contou-lhes como ele vira o Senhor no caminho, e que este lhe falara, e como em Damasco pregara ousadamente em nome de Jesus.

28  Estava com eles em Jerusalém, entrando e saindo, pregando ousadamente em nome do Senhor.

29  Falava e discutia com os helenistas; mas eles procuravam tirar-lhe a vida.

30  Tendo, porém, isto chegado ao conhecimento dos irmãos, levaram-no até Cesaréia e dali o enviaram para Tarso.

 

Há igrejas onde as pessoas entram e saem e ninguém lhes nota. Por vezes, tornamos a burocracia da igreja tão rígida e cheia de regras que impedimos a pessoa de continuar a freqüentar a igreja; marginalizamos a pessoa, tornando-a de uma segunda classe. O apostolo Paulo foi marginalizado pela igreja de Jerusalém e mandado de volta para Tarsis, onde ficou de 9 a 10 anos esperando algo acontecer.

 

 

2 – O LÍDER BARNABÉ

O texto de Atos 11.19-26, diz que:

19 ¶ Então, os que foram dispersos por causa da tribulação que sobreveio a Estêvão se espalharam até à Fenícia, Chipre e Antioquia, não anunciando a ninguém a palavra, senão somente aos judeus.

20  Alguns deles, porém, que eram de Chipre e de Cirene e que foram até Antioquia, falavam também aos gregos, anunciando-lhes o evangelho do Senhor Jesus.

21  A mão do Senhor estava com eles, e muitos, crendo, se converteram ao Senhor.

22  A notícia a respeito deles chegou aos ouvidos da igreja que estava em Jerusalém; e enviaram Barnabé até Antioquia.

23  Tendo ele chegado e, vendo a graça de Deus, alegrou-se e exortava a todos a que, com firmeza de coração, permanecessem no Senhor.

24  Porque era homem bom, cheio do Espírito Santo e de fé. E muita gente se uniu ao Senhor.

25  E partiu Barnabé para Tarso à procura de Saulo;

26  tendo-o encontrado, levou-o para Antioquia. E, por todo um ano, se reuniram naquela igreja e ensinaram numerosa multidão. Em Antioquia, foram os discípulos, pela primeira vez, chamados cristãos.

 

O movimento de Deus não se restringe aos judeus e assim a igreja chega até aos gentios. Barnabé estimulou o povo à intimidade com Deus, através dos relacionamentos. Hoje vivemos à procura de defeitos nas pessoas. Todos nós temos defeitos. Falar bem de alguém não significa que concordamos com tudo que esta pessoa faça, mas falar mal não edifica em nada. Esse era o pensamento de Barnabé em relação a Saulo.

 

Ao estimular e encorajar as pessoas ajudando-as a ter intimidade com Deus e no v. 24, diz que muitos se uniram ao Senhor. Unir aqui tem sentido de ficar bem guardado, ligado, juntinho. Muita gente é acrescentada a uma igreja que tem “barnabés”

                                                       

Crítica

Estímulo

Puxa, eu pensei que você tivesse morrido

Que bom te ver!

Agora que ficou rico, se esqueceu dos amigos

Eu estava com muita saudade de você, que bom poder encontra-lo

Eu não concordo com a opinião daquela pessoa e portanto não vou mexer uma palha para ajuda-la.

Mesmo não entendendo ou não concordando vou ajuda-lo

 

Conclusão: Saulo, perdido em Tarsis, podia ter se desviado do caminho do Senhor. Barnabé teve que procura-lo e começou a discipulá-lo, durante todo um ano na prática do dia-a-dia. Ele não sabia que estava preparando um grande apóstolo. Cuidava apenas de um novo convertido.

 

Foi assim também com João Marcos, abandonado por Paulo, mas resgatado por Barnabé, treinado e que depois foi discípulo de Pedro em Roma e contribuiu decisivamente para o Reino de Deus, escrevendo o primeiro dos Evangelhos que Conhecermos.

Compartilhar

Faça um comentário!

(Opcional)

(Opcional)

error

Importante: comentários racistas, insultas, etc. são proibidos nesse site.
Caso um usuário preste queixa, usaremos o seu endereço IP (54.237.197.160) para se identificar     


2 comentário(s)

  • araujo mailto

    Sex 02 Nov 2012 22:02

    muto edificante falou comigo ,pois quantas vezes
    criticamos,apontamos e até mesmo julgamos,
    murmuramos e nunca estimulamos os novos convertidos .
    obrigado por este ensinamento, posso chama-lo
    com todo respeito de senhor Barnabé?

  • Sonia

    Qui 27 Mai 2010 17:55

    Sermão muito edificante e que fala muito ao nosso coração.

    Parabens!!! Que Deus continue abençoando!!!


Abrir a barra
Fechar a barra

Precisa estar conectado para enviar uma mensagem para falandoseriotv

Precisa estar conectado para adicionar falandoseriotv para os seus amigos

 
Criar um blog